QUE AMORES SÃO ESSES?

Debates

No dia 17 de dezembro de 2009, às 21 horas, ocorrerá no TEATRO DE ARENA EUGÊNIO KUSNET o segundo debate do projeto Que Amores São Esses?, sob curadoria de Carlos Canhameiro, um estudo iniciado pelo Núcleo Cênico ProjetoBaZar em março de 2009, no Casarão Belvedere. A discussão dessa série de debates são as relações entre teatro, censura e outras linguagens.

Nesse dia 17 de dezembro de 2009 (os debates se estendem – 14, 21 e 28 de janeiro e 4 de fevereiro de 2010)  o tema será TBC – ARENA e os palestrantes serão:

Neyde Veneziano

Teórica e diretora. Iniciando-se no movimento amador de sua cidade natal, Neyde conclui pós-graduação na Universidade de São Paulo – USP, lançando dois títulos indispensáveis à história do teatro musical, nos quais enfoca o teatro de revista: O Teatro de Revista no Brasil: Dramaturgia e Convenções, em 1991, e Não Adianta Chorar: Teatro de Revista Brasileiro, Oba!, em 1996.

Professora de teatro brasileiro na Universidade Estadual de Campinas, Unicamp, destaca-se pelos estudos ligados à área, o que inclui sua presença constante em seminários, simpósios, festivais, além de colaborações ensaísticas nas mais importantes revistas e periódicos especializados.

Seu pós-doutorado, cumprido na Itália em 1999, enfoca o trabalho de Dario Fo. *

Alberto Guzik

Crítico e teórico. Torna-se sensível observador da vida teatral paulistana a partir da década de 1970, exercendo longa e profícua carreira nos órgãos de imprensa, igualmente autor de um valioso estudo sobre o Teatro Brasileiro de Comédia.

Formado em direito pelo Mackenzie, nunca exerceu a profissão. Paralelamente cursa a Escola de Arte Dramática – EAD, que conclui em 1966. No ano seguinte, estréia como ator profissional numa montagem de O Processo, baseado em Franz Kafka, montagem do Núcleo 2 do Teatro de Arena, sob a direção de Leonardo Lopes. Crítico especializado e Mestre em teatro pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, ECA/USP, ali defende em 1982 a dissertação TBC: Crônica de Um Sonho, devotado trabalho de reconstituição e análise de toda a produção da companhia paulista que revoluciona o teatro brasileiro no decorrer dos anos 1950. Seu trabalho torna-se livro prefaciado por seu companheiro de crítica Sábato Magaldi.

Sobre seu próprio trabalho, declara: “Nunca vinculei minha observação do fenômeno teatral a uma visão partidária, nunca acreditei que o teatro ‘correto’ tem de expressar tal ou qual ponto de vista. Acho que, ressalvados textos ou produções que demonstrem intentos anti-humanos, totalitários, todo teatro é válido. E é bom que se tenha de tudo, desde a farsa rasgada até o mais rigoroso teatro de pesquisa, do musical importado ao nacional, da dramaturgia brasileira à mundial, dos atores e diretores veteranos aos jovens estreantes. Eu acredito no teatro brasileiro”. *

*texto da enciclopédia Itaú Cultural Teatro

Que Amores São Esses?

“Que amores são esses?” é um projeto realizado no Teatro de Arena, com apoio da Funarte, composto pelo espetáculo “DDP4469”, criado a partir dos vetos de censores sobre a obra Perdoa-me por me Traíres, de Nelson Rodrigues e por debates e workshops sobre o tema.

Teatro de Arena Eugênio Kusnet

Rua Teodoro Baima, 94 – Centro – Próximo a Rua da Consolação – São Paulo/SP

Tel.: 11 3256-9463 – Lotação: 99 lugares

Entrada Franca

Marcia Marques

Canal Aberto Assessoria de Imprensa

Fones: 011 2914 0770/ 3798 9510

Celular: 011 9126 0425

MSN: claramm@hotmail.com

SKYPE: canal.aberto

http://twitter.com/canalaberto

www.canalaberto.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s