LUMUMBA

Música

Campinas, 1946, nasce Benedito Luiz Amauro, filho de Ogum, cedo já se fazia artista e ferramenteiro. Mais tarde Lumumba, homenagem ao libertador do Zaire, Patrício Lumumba. No início da década de 80, lança CAFUNÉ, seu primeiro compacto, um marco em sua carreira. É este disco que leva Lumumba a percorrer todo o Brasil. Neste período conhece Mestre Didi, sacerdote máximo do culto aos ancestrais, que abre a percepção de Lumumba para o mundo dos ritmos e instrumentos afro-brasileiros. Em companhia de Mestre Didi, Lumumba inicia-se na irmandade dos tambores; sua fabricação, sonoridade e história. O poeta e compositor descobre seu caminho, sua vocação; unindo toda a sua bagagem de artista e militante ao ofício de Onilu – fazedor de tambores. Lumumba vem ecoando, fazendo-se ouvir, abrindo passagem, mostrando sua arte enraizada na ancestralidade. Como o Iroco, buscando estreita comunhão com a contemporaneidade. Arte feita de corpo, aro, alma, madeira, pele, nós, poesia e laçadas; como os Gonguis; tambores que brotam das mãos negras do filho de Ogum; ferramenteiro, poeta, artista preocupado com seu tempo. Hoje, mais do que nunca, coloca sua composição e aprendizado em função de algo maior que a instrumentação. Algo que quer romper as barreiras dos ritmos e da pulsação, que chegue aos corações do público, mexendo com corpo, mente, emoções… Como professor, Lumumba procura desenvolver e resgatar a musicalidade presente em cada um, independentemente dos modismos e da fugacidade consumista. Consciente do seu papel social transmite nas oficinas de construção de tambores que realiza a cultura de uma raça que está presente em todos os cantos do mundo.

O ensaio aconteceu no atelie Zé Benedito Tambores, fica ali na Jõao Moura, esquina com a Cardeal Acorverde, perto da praça benedito calixto. Foi um dia especial, fui percebedo a essência deste ser iluminado, ri muito, e quando era para ir embora fiquei para um churrasco com pessoas que o acaso e o destino me apresentou, ri, e no final chorei ao abraçar aquele que me mostrou estar no caminho certo.

Ernani Baraldi

Ensaio para encarte do disco - foto de Ernani Baraldi

Ensaio para encarte do disco - foto de Ernani Baraldi

Produção Artistica: Gyba Araújo

Contato: araujo-gi@hotmail.com


Anúncios

2 pensamentos sobre “LUMUMBA

  1. Querido Ernani,

    Foi um enorme prazer trazê-lo para a equipe num trabalho tão especial como é o Lumumba.
    Nada é por acaso e sei do dedinho dos céus em pousar você e sua super visão em nossas vidas.
    Que Oxalá o abençoe e abra seus caminhos para que continue fazendo aparecer a alma em cada clik.
    Beijos no coração e saiba a porta ta sempre aberta é só chegar…já é parte da equipe viu!!!!rs
    Giba Araujo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s